Intraempreendedorismo: saiba tudo sobre a estratégia


Quando se pensa no dia a dia de um negócio, existem diversas estratégias que podem ser bastante funcionais e que visam o desenvolvimento da empresa, mesmo que de maneiras diferentes. Uma dessas estratégias é o intraempreendedorismo.

O texto de hoje irá abordar o que é um intraempreendedorismo, como ele surgiu no mercado, o impacto que ele pode causar no seu negócio, além dos benefícios de se utilizar essa prática e como aplicar os seus conceitos no dia a dia.

É extremamente comum que conforme os dias e anos passam, empresas busquem novas formas de atrair mais clientes e conseguirem se mostrar mais relevantes e imponentes no mercado, seja para o aluguel de impressoras ou outro serviço específico.

Mas a verdade é que, independente do serviço ou produto ofertado, o mundo digital mudou e muito a forma tanto das empresas de negociar quanto o interesse dos clientes e leads, sendo necessária a junção de várias práticas para efetividade do marketing.

Com isso, pode-se dizer que, conforme as novas tendências do mercado, diversas novas estratégias surgem para se adaptar ao novo meio e conseguir fazer com que desde logísticas a empresas que vendem uniformes profissionais se destaquem no ramo de atuação.

Uma que vem ganhando bastante espaço e tendo cada vez mais destaque é o intraempreendedorismo, que é um conceito que busca inovação no mercado através de situações que ocorrem no interior de sua empresa.

Dessa forma, pode-se dizer que o conceito traz diversas oportunidades e vantagens para o seu negócio, e pode ser a diferença entre um negócio de sucesso ou de fracasso, dependendo do modelo adotado e como ele é aplicado.

Portanto, para ficar por dentro de como o intraempreendedorismo funciona e como aplicar o conceito desde o momento de abertura de empresa simples, confira os tópicos a seguir onde o tema será melhor abordado e desenvolvido.

O conceito de intraempreendedorismo

O intraempreendedorismo tem sua origem na palavra “intrapreneur”, e foi utilizado pela primeira vez em 1985 por Gifford Pinchot III.

De forma simples e direta, essa modalidade tem como principal conceito os colaboradores passarem a atuar na empresa como se fossem donos do negócio.

Ou seja, é um conceito que quer se desprender de ideias passadas onde o chefe manda e desmanda nos seus funcionários, buscando inovar e incentivar diversas ações baseadas no ambiente interno das empresas.

Pode ser aplicado desde fornecedores de plantas ornamentais até mesmo empresas que desenvolvam tecnologia específica, onde o objetivo principal é a valorização dos colaboradores e o valor que eles agregam na empresa e no mercado de trabalho em si.

Com isso, pode-se dizer que se espera dos colaboradores que atuam de forma ativa em uma empresa com foco no intraempreendedorismo:

  • Atitude;
  • Criatividade;
  • Visão Estratégica do negócio;
  • Comunicação efetiva;
  • Colaboração com a equipe.

A partir desses perfis, é possível fazer com que a empresa desenvolva características desde o momento de entrada do colaborador na companhia, fazendo com que seja muito mais simples de extrair o máximo deles em seu negócio de sistema de controle financeiro e estoque.

Por isso, é possível dizer que alguns benefícios podem ser conquistados quando uma empresa valoriza seus profissionais dessa maneira, com benefícios e vantagens que serão comentadas e destacadas no tópico a seguir.

Vantagens do intraempreendedorismo

Assim como qualquer estratégia de negócios, nenhuma empresa investiria em algo se não houvesse alguma forma de retorno, seja ela em capital, otimização de tempo e espaço, aumento do alcance, relevância ou produtividade da organização.

Pensando nisso, abaixo serão destacados alguns desses benefícios que podem ser conquistados através do intraempreendedorismo e usufruídos pelo seu comércio de serviços de sistema de gestão de transporte, por exemplo.

01 – Funcionários mais empenhados

Quando os colaboradores são valorizados, fica muito mais fácil dos mesmos abraçarem as causas da empresa e se empenharem para atingir os objetivos e metas estipulados a eles, simplesmente pelo fato da organização valorizar o seu trabalho.

Como o intraempreendedorismo visa sempre buscar inovação e criatividade por parte dos profissionais, de forma direta sua empresa está influenciando e abrindo espaço para que eles consigam utilizar o melhor de si para o bem da empresa.

Com esse tipo de atitude, é orgânico e natural que, ao ver seu trabalho sendo valorizado, o colaborador se esforce mais para realizar seus serviços, seja o aluguel de notebook ou a venda de produtos de beleza.

02 – Processos mais rápidos e eficientes

Com o incentivo e interesse da sua empresa em inovar e fazer com que o colaborador coloque a sua criatividade para fora, se torna comum que o interesse de todos seja maior e os processos sejam realizados de forma mais eficiente.

Isso significa que as operações técnicas e métodos são constantemente aprimorados, e quando colocados em ação dentro do processo, funcionam muito bem e conseguem fazer a empresa atingir as metas de maneira rápida e funcional.

Esse tipo de atitude traz resultados financeiros e lucrativos mais rápidos para a sua empresa de etiquetas para embalagens, fazendo com que o investimento vale super a pena, e incentivando a continuar com o mesmo.

03 – Otimização de recursos

Uma das maiores vantagens da implantação do intraempreendedorismo em uma empresa é que, com a rotina de buscar cada vez mais mudanças positivas e eficientes, isso possibilita maneiras de otimizar diversos recursos dentro do negócio.

Quanto mais os recursos são otimizados, menos a empresa gasta dependendo de sua demanda de trabalho e mais pode ser produzida, além de criar um processo produtivo mais eficaz para o seu negócio.

Por isso, quanto mais receita e lucro a sua empresa gerar, maior será o investimento que poderá atribuir em outros setores e mais rápido será o seu desenvolvimento.

Como aplicar o intraempreendedorismo

Agora já é possível entender o impacto e a importância da utilização dessa estratégia de negócios em sua empresa, mas a aplicação pode ainda ser um mistério ou uma dúvida.

Por conta disso, os tópicos a seguir irão dar dicas e orientações de como aplicar o intraempreendedorismo em sua organização.

Capacite os colaboradores

Como nessa estratégia de negócios os colaboradores precisam exercitar e colocar o seu lado criativo para fora, nada melhor do que a sua empresa capacitá-los para que realizem o trabalho bem feito e saibam como o sistema funciona.

Para isso, é necessário oferecer aos colaboradores a possibilidade de aprender, arriscar e elaborar ideias criativas e colaborativas, incentivando assim o trabalho em equipe, treinando as suas capacidades empreendedoras e adequando-os ao clima organizacional da empresa.

A ideia que cada um pode gerar é muito variável, e o investimento vale muito a pena, até mesmo porque o colaborador será mais qualificado e ainda conseguirá inovar dentro do seu negócio.

Crie a cultura de inovação dentro da empresa

De nada adianta capacitar seus colaboradores e oferecer oportunidades de mudanças e de inovação dentro dos setores da sua empresa se o próprio negócio não possui uma cultura de inovação e tem o hábito de barrar toda ou a maioria das ideias propostas.

Crie primeiramente um canal de comunicação que sirva para atender as propostas de forma eficiente e que tenham o poder de levar essas ideias a frente. Criar um ambiente que promova a cultura de inovação é um ato que deve ser feito diariamente.

Também é necessário o esforço contínuo de todos os colaboradores da empresa, ou seja, até mesmo os mais resistentes a mudanças terão de entender a necessidade e a importância desse tipo de implantação e quais benefícios ela pode trazer.

O mais difícil será mudar as pessoas e isso leva muito tempo e esforço. Porém, conforme os primeiros avanços acontecem e a empresa começa a crescer, todos verão a importância que tem a inovação e a criatividade dentro da sua organização.

Considerações Finais

O texto de hoje abordou e se aprofundou nos conceitos que englobam o intraempreendedorismo e como essa estratégia é vista e aplicada nos dias de hoje, abordando seus benefícios e vantagens, além do seu desenvolvimento em uma rotina de empresa.

Utilize as informações disponibilizadas ao longo desse texto como forma de orientação para começar a implementar essa estratégia em seu negócio.

Lembre-se de adaptar a situação à realidade de sua empresa, explorando seus pontos fortes e melhorando os que ainda não são tão eficazes.

Cada empresa pode encontrar a melhor maneira de utilizar esses recursos e se diferenciar umas das outras, utilizando sua própria essência e ideais para moldar o resultado final no processo.

Com isso, basta agora estudar o momento de sua organização e entender a melhor forma de aplicar tais mudanças de forma eficiente, criando um ambiente de trabalho mais receptivo a inovações e mudanças criativas em seu dia a dia.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.