Produção de conteúdo: dicas para mandar bem nas redes sociais


Quando se trata de comunicação entre marcas e clientes, não existem melhores canais senão as redes sociais, ferramentas de conexão que podem ser úteis para empresas que vendem seus produtos e serviços, ao mesmo tempo que trabalham seu reconhecimento.

Antes de mais nada, é importante pontuar que trabalhar com as redes não é algo fácil, pelo contrário, é algo que se mostra como um trabalho que demanda tanto esforço quanto estratégia.

Afinal, empresas de organização de eventos e de outros ramos estão entrando em um espaço que, há tempos atrás, foi feito para compartilhamento exclusivo entre pessoas de grupos sociais, ou seja, amigos familiares e até mesmo conhecidos de longa data.

Por isso, e também pela quantidade de concorrência, não se mostra como algo totalmente fácil despertar uma boa conexão nas redes sociais sem muito esforço ou técnica.

Para isso ser, então, possível, vamos comentar, no texto abaixo, um pouco mais sobre as principais dicas para boas produções de conteúdos, pontuando exatamente como tirar o melhor proveito das redes sociais e qual a importância dessa criação para empresas.

Qual a importância de bons conteúdos nas redes?

Conteúdos nas redes sociais são totalmente importantes para o crescimento de qualquer empresa, como uma marca de bolsas personalizadas para brindes que deseja expandir suas vendas para além de um ponto físico em uma cidade, alcançando outros lugares.

Mas além de uma forma de chegar em outros espaços, algo que tanto as redes com a própria internet pontuam bem, é que conteúdos são essenciais para a construção dessas marcas.

Por exemplo, você provavelmente deve ter alguma empresa que segue nas redes sociais e adora por completo, sendo próximo dos produtos e serviços que ela oferece, mas sobretudo da imagem e da sensação boa que ela causa quando transmite alguma conexão.

Não é à toa que tantas empresas têm se tornado cada vez mais populares nas redes sociais, reunindo uma série de seguidores, apenas por meio de conteúdos bem produzidos.

Tudo isso só mostra o quanto é importante para uma marca de, por exemplo, relógio de ponto cartográfico estar nas redes e fazer um bom desenvolvimento de comunicação com seus clientes e com os usuários das redes de maneira geral, criando então um espaço ali.

E quando falamos em espaço, é importante deixar claro a potência de uma empresa que de fato faz algo além de uma divulgação daquilo que vende, criando uma base de adoração.

Afinal, antes mesmo de querer comprar algo, é preciso estar em harmonia com o que a empresa oferece, principalmente entendendo quem ela é, o que ela traz como diferencial e também como ela pode modificar algo, ou seja, trazer uma solução para um problema.

Dicas para uma boa produção nas plataformas sociais

A seguir vamos entender um pouco mais sobre como tirar proveito de tudo o que as redes sociais proporcionam, por meio da produção de conteúdos de altíssima qualidade, o que pode fazer sua fabrica de etiquetas adesivas obter mais clientes e valor no mercado.

Entenda mais abaixo:

1 – Conheça bem o seu público

Antes de qualquer outro tipo de trabalho que você possa fazer ao começar nas redes sociais, o mais importante é saber e conhecer bem o público-alvo da sua empresa, sabendo exatamente quem ele é, onde ele está e de que forma o alcançar nas plataformas.

Por exemplo, se você trabalha com hansgrohe ducha, a partir de pesquisas de mercado, dados de vendas e comunicação nas redes, seu público tem como características:

  • Gênero feminino;
  • Classe média alta;
  • Arquitetas e donas de casa;
  • Entre 30 a 55 anos;
    Moradores de uma capital.

Tudo isso vai te ajudar a guiar as melhores escolhas para as construções de seus conteúdos, bem como a linguagem a ser utilizada com essas pessoas e, principalmente, a plataforma social a ser escolhida para melhor ser trabalhada pela sua equipe.

2 – Crie uma persona desse público

Agora que falamos um pouco mais sobre o público-alvo, podemos entender mais sobre como criar a persona da sua empresa. Em uma generalização, podemos dizer que o público-alvo é a base, e a persona é de fato a caracterização do seu cliente.

O foco nesse caso é a criação de um personagem, que simboliza de maneira generalista todas as condições que fazem o seu público ser de fato quem é ao comprar seu produto.

Montar bem esse tipo de caracterização vai permitir uma melhor identificação sobre os conteúdos a serem formados, mas principalmente a forma como se portar nas redes. Afinal, é bem mais fácil direcionar criações pensando em uma pessoa do que um grupo hipotético.

3 – Trabalhe dentro de uma identidade visual

A identidade visual da sua marca de caixa em acrílico, por exemplo, é mais do que a identificação e objetificação daquilo que de fato importa e molda seu negócio como um todo.

Quando falamos de redes sociais, essa pode ser a parte principal na hora em que um cliente reconhece a sua empresa, e vai aos poucos criando um reconhecimento do seu produto ou serviço, ao ponto de conseguir reconhecer de longe que aquela é a sua produção.

Esse fator é tão importante que podemos fazer um comparativo com empresas que conhecemos hoje em dia apenas por cores, formas e até mesmo linguagens visuais.

4 – Reconheça e foque nos seus propósitos

Sem uma criação de conteúdo baseada nos seus próprios propósitos, fica cada vez mais difícil levar à diante um foco em um resultado específico, como o caso de maiores vendas, reconhecimento diante da concorrência, público engajado, dentre outros.

Muitas vezes parece cômodo olharmos para outras empresas nas redes, que projetam bons conteúdos, e querer copiar de fato toda aquela estratégia, inclusive os formatos.

Ainda assim, muito mais vale você propor desde o início o seu próprio caminho, baseando-se não apenas nos seus desejos e objetivos como marca de revestimento em ACM, por exemplo, mas também colocando em cada produção mais sobre sua própria imagem nas redes.

5 – Faça um planejamento alinhado à sua identidade

Como já dissemos, ter um alinhamento aos seus objetivos e à força que sua empresa tem é a melhor opção a ser feita, ainda mais quando estamos falando de redes sociais com tantas possibilidades de concorrência, onde geralmente se opta por fazer a mesma coisa sempre.

Por isso é tão importante o planejamento, para que de fato possam ser concebidas comunicações únicas, respeitando o tempo certo de postagens e periodicidade.

Trabalhar um planejamento, porém, não é nada fácil. É preciso, além de forte experiência, uma devoção ao que deve ser criado, considerando as principais estratégias que podem fazer de fato o seu conteúdo ser melhor visualizado pelos clientes da sua empresa.

6 – Faça constantes monitoramentos e relatórios

O acompanhamento de performance, dentro de monitoramentos e disposição de relatórios dentro da própria rede sociais podem proporcionar um olhar analítico e também corretivo do que é feito pela sua empresa, de modo a acrescentar ou retirar ideias que não dão certo.

É importante que você tenha a constância em analisar sua marca de, por exemplo, tela alambrada nas redes sociais, pois ali é possível corrigir, mas também mudar de caminho.

Por isso, coloque sempre uma data limite para verificação de resultados, sempre antes de fazer o novo planejamento de um mês ou período, com foco em correções ou mudanças estratégicas de produção, diferenciando-se do que pode não estar certo.

Como tirar proveito de cada rede social disponível?

Uma das principais dicas para quem quer começar a produzir para as redes sociais tirando o máximo proveito delas, é fazer uma boa introdução e compreensão sobre as ferramentas que cada uma dispõe, testando o que de fato pode ser melhor para a sua marca.

O mais interessante das redes sociais hoje em dia é a possibilidade que elas oferecem sobre um tipo de produção e também um tipo de público-alvo a ser seguido.

Ou seja, além de escolher bem o tipo de conteúdo que melhor encanta o seu cliente ideal, é possível saber onde exatamente ele está, e trabalhar até ele, para que a conexão possa existir e que seus objetivos sejam cumpridos.

É importante ter em mente que sempre será serviço da empresa criar uma ponte entre seus usuários, e para isso, nada melhor do que conhecer bem o caminho, e ir bem equipado.

Considerações finais

As redes sociais são, sem dúvida, os melhores espaços para a construção de uma comunicação entre as marcas e seus consumidores, sendo mais do que isso, uma fonte de oportunidades de crescimento em relação à imagem construída no mercado.

Por isso, se você de fato tiver o interesse em investir nesse espaço, tenha sempre em mente as melhores formatações de conteúdos e relacionamento com cada uma das plataformas que sua empresa for utilizar.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.