Dicas para aplicar a estratégia de parcerias em suas redes sociais


Uma das principais estratégias utilizadas por marcas para se destacarem nas redes sociais é justamente a parceria, seja com outras empresas ou, até mesmo, com influenciadores, de modo a unir forças e formar a concepção de uma boa comunicação para seu cliente.

Isso vem acontecendo cada vez mais, principalmente, pelas mudanças comportamentais em consumidores e marcas, em especial sobre o entendimento de trabalhar sozinho.

Muitas vezes pode parecer cômodo, e até mesmo uma grande defesa em questão de concorrência ou atenção do público, mas o que tem de fato virado a chave nas parcerias é o fortalecimento que duas ou mais vozes podem ter se induzirem uma campanha juntas.

Notar isso nas redes tem sido cada vez mais comum, tanto em páginas de marcas de empresa de climatização que fazem parcerias com influenciadores, ou até mesmo na situação onde isso ocorre com outras empresas, que vende produtos complementares.

No artigo a seguir vamos entender um pouco mais sobre essa modalidade, apontando sua relevância, a importância que pode trazer para empresas e dicas essenciais.

Parcerias nas redes sociais: o que são e como acontecem?

Uma parceria nada mais é do que a comunhão entre duas pessoas ou empresas, de modo a cumprirem algum objetivo em comum. Quando falamos dessa ação dentro das redes sociais, quase sempre o foco é um quesito comercial, como uma venda de produtos.

O ponto que viabiliza essa união é justamente o que cada uma pode acrescentar para outra, e ao mesmo tempo aquilo que precisa que seja complementado pela parceira.

Por exemplo, é bem comum que uma loja de óculos de proteção de grau faça uma parceria com uma influenciadora local, para divulgar a abertura de uma nova unidade. Já a influenciadora, ganha pelo trabalho que desenvolve e preenche mais um cliente na cartela.

Essa junção das partes se dá, quase sempre, por conta da forma estratégica que essa parceria pode ter, principalmente quando pensamos no público-alvo de ambos os lados.

É o caso de uma campanha que une uma agência de turismo e uma loja de alarme para casa, fazendo com que o cliente entenda que ele poderá se ausentar tendo o máximo controle da sua residência, agregando maior comodidade ao descanso.

Em um levantamento feito tanto para agência quando pela loja de alarme, os cliente das empresas se parecem em muitos sentidos, como em pontos de:

  • Localidade;
  • Gênero;
  • Idade;
  • Rede social preferida.

Ainda que seja o mesmo tipo de consumidor, as empresas não possuem as mesmas bases de clientes, ou seja, cada uma trabalha com uma carteira diferente dentro de um nicho.

Essa situação pode trazer muitas vantagens, principalmente em questão de resultados e aumento de vendas dos dois lados, que neste caso estarão muito mais em conta e vão agregar maior potencialidade que uma campanha publicitária, por exemplo.

É importante entender que a parceria também é uma forma de as marcas entenderem que juntas são muito mais potentes do que separadas, algo que por muito tempo pareceu fora de cogitação, já que grande parte das empresas se consideravam inimigas.

Hoje em dia o mercado mostra que não, é que o cliente está muito mais adepto a entender as variações de entregas que a empresa de bobina de papel para plotter pode ter, mostrando uma inovação e ao mesmo tempo uma tentativa de ser diferente.

Um bom exemplo disso são empresas grandes, que nem ao menos necessitam focar em um quesito financeiro com urgência, mas fazem uma parceria porque sabem que juntas são ainda mais fortes dentro de um mercado, perante seus próprios concorrentes.

A importância dessa união entre marcas

Como dito acima, uma das principais qualidades em iniciar uma parceria entre empresas é a potencialidade dos resultados que ambas recebem, fazendo uma forma de complementação de seus públicos compradores de, por exemplo, relógio de ponto homologado.

No caso de uma parceria entre uma marca e um influenciador, por exemplo, a empresa consegue ter muito mais facilidade em entrar em contato com seu público-alvo.

Afinal, dentro das tratativas, obtém-se a informação sobre aquele nicho em que o influenciador trabalha, muitas vezes tendo acesso ao funil ideal.

Dessa forma, a empresa consegue ter muito mais êxito apostando nisso do que em outras movimentações dentro da empresa, como a criação de uma campanha milionária para a televisão, ficando estritamente em anunciar seus produtos e serviços.

Ou seja, agrega-se uma diminuição de custos considerável, e além disso, com a parceria, o negócio acaba gastando muito menos em comparação a outras ações.

Isso acontece porque as marcas de, por exemplo, porta de enrolar automática entram em parceria, inclusive, de acordo com as despesas, fazendo com que tudo se torne mais razoável.

E dependendo da fama que sua marca tiver entre o público em geral ou, até mesmo, aquela que será sua parceira, a ação pode servir para movimentar as redes sociais, induzindo uma identificação e comentários sobre o que você vende.

Provavelmente você já deve ter visto isso no mercado, dentro de uma parceria entre duas marcas interessantes, onde a campanha se tornou algo mais simbólico do que comercial.

E falando em um viés comercial, podemos entender que desenvolver uma campanha em parceria pode auxiliar fortemente na potencialização da venda de produtos e serviços em conjunto, com um complementando o outro de uma empresa de portaria.

Isso acontece, por exemplo, quando uma loja de maquiagens faz uma parceria com uma empresa de organizadores, que nisto estão inclusas divisórias para produtos de beleza.

Nesse caso em específico, ambas estão participando desde o início da campanha com seus produtos, e ambas querem vendê-los. Por meio da comunicação e do entendimento do complemento, tudo se torna mais fácil em questão de convencimento e interesse do cliente.

De modo geral a parceria agrega uma importância enorme para empresas que apostam nessa atitude, além de uma experiência em um sentido de mercado.

Afinal, estamos falando não apenas de uma super campanha nas redes sociais, um dos principais lugares de socialização e compra hoje em dia, mas também podemos enxergar que são duas empresas trocando informações e estratégias dentro de um propósito.

Dicas para começar a desenvolver boas parcerias

Abaixo vamos falar mais sobre algumas formas de desenvolver uma boa parceria nas redes sociais, atentando desde o momento da escolha de seu parceiro, como uma marca de teste de vazão até a captação e análise dos dados da ação, entendendo se ela foi um sucesso. Confira:

Tenha algo em comum com seu parceiro

Essa é a principal dica em questão de atenção. Não comece uma parceria apenas por achar uma marca interessante ou por já ter um contato prévio com ela. A mesma coisa pode ser dita sobre influenciadores a serem contratados pela sua empresa para uma ação.

O foco deve sempre ser algo em comum, desde um público similar, dentro de um mesmo nicho, um propósito de vendas, algum assunto que ambos considerem interessante.

Desenvolva um bom briefing

Um bom briefing desde o começo da campanha de parceria vai fazer com que ambas as partes estejam totalmente alinhadas em questão de suas comunicações e também naquilo que precisam entregar ao público, evitando qualquer tipo de erro.

O ideal é que isso se torne um guia para que haja uma conformidade na fala, mas sobretudo um alinhamento, de modo que o cliente entenda uma unidade na ação.

Trabalhe uma boa divulgação

Já que estamos falando de redes sociais, a divulgação deve ser mais do que essencial, tornando-se a principal forma de comunicação com o público e trabalho de divulgação sobre o que as marcas estão fazendo juntas.

Isso vai fazer com que todo o seu projeto se torne muito mais popular, além de, claro, conseguir alcançar muito mais possíveis clientes.

Colha dados e informações sobre a ação

O recolhimento de dados após a ação conjunta é de extrema preocupação para que haja de fato uma verificação se a ação valeu a pena e se houve algum tipo de resultado.

Isso é importante tanto para entender se aquela parceria valeu a pena e pode ser repetida, como para verificar se a jogada deu errada, ainda mais em questão das vendas.

Considerações finais

As parcerias nas redes sociais são a máxima evolução do comportamento de empresas no século 21. Isso porque permitiu que marcas complementares e aquelas consideradas rivais se unissem diante de um desafio e um propósito maior: atingir seus clientes.

Dentro do contexto de marcas e influenciadores, tudo é ainda mais vantajoso, visto que a parceria consegue filtrar exatamente o público certo, e propiciar compras direcionadas.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.