Consumidor de pequenos negócios pretende gastar até R$ 99 com presente do Dia das Mães


Mulher, de 40 a 59 anos, com filhos e disposta a gastar até R$ 99. Esse é o perfil do consumidor que pretende comprar presentes de pequenas empresas para o Dia das Mães. A preferência na hora de abrir a carteira deve ser por itens de vestuário, cosméticos e flores. Os dados são de pesquisa realizada pelo Sebrae-SP e podem servir de base para o empreendedor direcionar suas ações para melhorar o faturamento nesta que é a melhor data para o comércio depois do Natal.

Segundo o levantamento, as mulheres são 55,6% dos que disseram escolher um pequeno negócio para comprar para o Dia das Mães. A maior parte (41,5%) dos que pretendem comprar em pequenos negócios nessa data tem entre 40 e 59 anos, 64,7% têm filhos e 36,7% vão desembolsar no máximo R$ 99. Além disso, o cliente de pequenas empresas apresenta mais interesse em promoções e descontos: 27,6% ante 21,6% do cliente de grandes negócios.

Roupas, calçados, cosméticos e perfumes são as opções de compra de 37% dos consumidores de pequenos negócios. Já as flores vão ser a escolha de 25% dos que presentearão na data.

De acordo com o levantamento, quem compra de pequenos negócios mostrou interesse um pouco maior na compra presencial (44%) do que o consumidor de grandes estabelecimentos (39%). Nos dois grupos, parte expressiva das compras tende a ser feita pela internet.

“Saber quem é seu potencial cliente e o que pretende adquirir pode ajudar muito o dono ou dona de uma pequena loja a planejar suas ações para o Dia das Mães”, afirma o diretor-superintendente do Sebrae-SP, Wilson Poit. “Esse tipo de informação é útil para rever estoque, estratégia de vendas e de marketing”, completa.

A maioria dos compradores de pequenos negócios vivem no interior do Estado (56,9%) e é das classes C, D e E.

Outro dado trazido pela pesquisa diz respeito à forma de comemoração. Entre os entrevistados, 45% dos consumidores de pequenas empresas afirmaram que passarão o Dia das Mães em casa com familiares; já entre os que compram de empresas grandes, essa parcela cai para 39,9%. Outro aspecto é que 29% de ambos os perfis não pretendem sair de casa nesse dia, usando o serviço de delivery.

Preço e proximidade são diferenciais para quem compra de pequenos negócios quando comparados com quem recorre aos grandes estabelecimentos. Outro ponto de destaque revelado pela pesquisa é que poder ajudar o pequeno negócio nesse momento de crise e apoiar a geração de renda e emprego estão entre as três mais importantes motivações para quem compra dos pequenos negócios.

Forma de pagamento

O cartão de crédito é citado como forma de pagamento para 51% dos consumidores de pequenos negócios; já para o comprador de grandes estabelecimentos, essa proporção sobe para 59%.

O pagamento via PIX teve pouca adesão: 3% das preferências dos integrantes dos dois grupos. O pagamento à vista é a escolha de 67% dos clientes de pequenas empresas e 58% dos de grandes. O parcelamento é opção para 33% do primeiro grupo e 42% do segundo.

Dicas para vender mais

Este será o segundo Dia das Mães comemorado na pandemia. No ano passado, as empresas estavam se adaptando às novas circunstâncias e chegam à data deste ano com algum aprendizado, como a necessidade de digitalização do negócio e de um delivery bem estruturado. A consultora do Sebrae-SP Ariadne Mecate orienta o varejista a melhorar a experiência de compra do cliente e, assim, atrair mais público. Veja a seguir:

Montar embalagens diferentes, perfumar o cartão e colocar uma mensagem escrita de próprio punho pelo filho para a mãe;

Ter preços e produtos diferenciados, permitindo que pessoas de menor renda – uma boa parcela da população – consigam garantir a lembrancinha da data;

Fazer uma boa divulgação nas redes sociais, com interação no Instagram e grupos de WhatsApp e Facebook. Fotos e vídeos bem feitos chamam a atenção;

Divulgar depoimentos de clientes nesses canais contribui para a imagem da empresa e para validar a qualidade do que é vendido ou do serviço prestado.

Fonte: Assessoria de imprensa Sebrae-SP