Como aumentar as vendas online da sua empresa com a Black Friday


Mesmo com a pandemia e queda na renda de alguns consumidores, a Black Friday atrai bastante a atenção com a possibilidade de comprar produtos e serviços com valores reduzidos, muitas vezes os menores do ano.

Um levantamento realizado pela Ebit/Nielsen aponta que o consumo digital cresceu por conta da pandemia e que a pesquisa por produtos para a Black Friday vem apresentando crescimento, o que indica que essa pode ser a edição que garantirá melhores vendas.

Dentre os itens mais procurados pelos consumidores estão os eletrônicos, com 30% das preferências, seguidos pelos de informática (26%) e celulares e smartphones (15%).

Quem não deseja perder a oportunidade e quer aumentar as vendas online na Black Friday, conheça algumas estratégias para usar.

Oferecer descontos reais

Os clientes já estão pesquisando os preços para poder comprar na Black Friday e saber se eles realmente são vantajosos. Se deseja aumentar as vendas online nesse período é preciso estar preparado.

Não tente enganar o cliente. Pode ser interessante diminuir a margem de lucro em um produto e usá-lo como isca para outros que tenham descontos menores. Para que consiga isso, negocie com os fornecedores e sempre busque as melhores negociações.

Colocar coloque contadores de tempo

Coloque um contador de tempo nas ofertas, isso faz com que as pessoas precisem decidir logo sobre a compra, pois, sabem que se não fizerem isso perderão a oportunidade.

Por exemplo, alguém que pediu a cotação online de um seguro auto pode receber uma proposta que terá validade de algumas horas, após isso o valor será alterado.

Tente fazer parcerias com as melhores seguradoras da área. Por exemplo, você pode oferecer opções de seguro de carro barato com coberturas extras e mais completas durante a data especial porque só assim o consumidor se sentirá atraído.

Se um seguro cobre só roubo e furto, pode oferecer como bônus uma cobertura contra terceiros limitada a uma indenização menor e assim por diante.
Quanto mais próximo do final do tempo de contagem, maior tende a ser o impulso de compra. Porém, não adianta enganá-lo com falsas promoções.

Vender pelo WhatsApp

Alguns clientes preferem comprar pelo site, porém, com o WhatsApp e suas facilidades, outros preferem o aplicativo.

É possível apostar nas vendas por ele, porém, será preciso preparar a equipe para sanar as dúvidas ou usar um bom robô que consiga garantir respostas rápidas, personalizadas e que gerem vendas.

Usar múltiplos canais

A divulgação pode ser uma estratégia essencial para o seu negócio, por isso, aposte em múltiplos canais que serão usados antes da Black Friday.
Para aumentar as vendas online, pense no perfil do seu público e onde eles estão, pois dessa forma saberá como usar as redes sociais, site, blog, anúncios pagos e outros.

Esse também pode ser um bom momento para gerir leads que serão usados no dia da Black Friday com ofertas direcionadas.

Pensar na experiência de compra

A experiência de compra pode ser um fator decisivo para fechar uma venda ou ter um produto abandonado no carrinho.

Pense no seu site: ele deve suportar um grande número de visitas sem sair do ar, afinal, nesse dia mais pessoas tendem a fazer compras e ficar online. O site deve funcionar corretamente, ter um layout agradável e adaptado ao mobile.

Tente facilitar o checkout para a compra e garanta que tenha estoque dos produtos que serão mais procurados. Além disso, busque diversificar as formas de pagamento para não ter abandonos na última etapa.

Ofereça descontos para aumentar as vendas online

Apostar no upsell ou vendas cruzadas pode ser uma boa maneira de aumentar as vendas online.
Por isso, antes do cliente finalizar a compra, sempre faça ofertas. Por exemplo, leve dois itens com 50% de desconto no segundo produto ou adicione mais X itens ao seu pedido e economize um valor X.

Essas ações podem chamar bastante a atenção e fazer com que a pessoa acabe comprando mais do que havia previsto para poder aproveitar os benefícios.

Aumentar as vendas online fica mais fácil em um período como a Black Friday, porém, é preciso começar a montar as estratégias com antecedência.

Por Jeniffer Elaina