Entenda porque o Linkedin escolheu o Brasil para lançar seu modelo com Stories


Caso você seja uma pessoa engajada no Linkedin, já percebeu que recentemente eles inauguraram a opção stories. A ideia da plataforma é divulgar a rotina de trabalho de uma forma divertida, criativa e informal. A rede social corporativa é direcionada à vida profissional e acadêmica, e vem ganhando cada dia mais espaço. Para se ter uma ideia, o Brasil é 2º em ranking de países que passam mais tempo em redes sociais e esse número aumentou quase 60% em média nos últimos sete anos, é o que diz uma pesquisa GlobalWebIndex. Outro dado relevante é que o Brasil é o quarto maior país com usuários na rede social corporativa, somando mais de 40 milhões.

De acordo com Rafael Kato, managing news editor do LinkedIn, esse novo recurso reforça o compromisso da rede social com o diálogo. “Mais de 2 milhões de postagens, vídeos e artigos passam pelo feed do LinkedIn por dia, gerando dezenas de milhões de compartilhamentos e curtida. Os stories também terão um papel importante agora, pois profissionais da saúde, caminhoneiros, caixas de supermercados, entregadores de aplicativos e outros tantos profissionais essenciais vão poder contar detalhes de suas rotinas e dividir dicas com seus colegas de profissão”, conta Kato em um artigo publicado em seu Linkedln.

Para ajudar você a engajar o seu negócio, nós da Comunica PR listamos três dicas:

1 – Escreva posts e chame as pessoas para a leitura: ter um Linkedln ativo ajuda a dar visibilidade para um negócio ou especialista. “A página pode possui conteúdos relevantes sobre a especialidade de alguém, em forma de áudio, texto, vídeo ou imagem. Assim, é possível tirar as principais dúvidas e chamar a atenção do seu público-alvo. Também é uma parte importante na estratégia de marketing digital, que ajuda a ganhar audiência e validar a marca ou profissional. Uma dica é fazer um post sobre determinado tema de sua especialidade ou uma novidade do mercado e depois publicar um stories chamando seus seguidores para lerem o artigo”, conta Maria Carolina Rossi, sócia-proprietária da Comunica PR.

2 – Faça sua própria propaganda: você já pensou porque seu concorrente dá entrevista para diversos veículos de comunicação e você não? “A resposta pode estar na divulgação de pautas, press releases e artigos daquela pessoa como porta-voz. Normalmente, esse trabalho é realizado por uma assessoria de imprensa, mas é possível escrever artigos em seu Linkedin e divulgar entre seus colegas – o que gera bastante credibilidade e retorno”, revela Beatriz Destefani Augusto, também sócia-proprietária da Comunica PR.

3 – Além do Linkedln, invista em um Instagram engajado: a plataforma conta com mais de 1 bilhão de usuários mensais ativos, mais do que uma rede de comunicação se transformou em uma ferramenta de marketing. “Invista em posts, stories, vídeos no IGTV, levando conteúdos relevantes sobre seu trabalho e até a história de sua empresa. Também feche parcerias com outras marcas e influenciadores digitais”, finaliza Ariadne de Deus, diretora de Estratégias Digitais da Comunica PR

Saiba como utilizar: https://www.linkedin.com/feed/update/urn:li:activity:6655809334376714241

Fonte: Comunica PR