Governo de SP anuncia investimento de R$ 730 milhões no setor alimentício


O Governador João Doria, a Secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen, o presidente da InvestSP, Wilson Mello, e o fundador e presidente do Grupo Zanchetta, José Carlos Zanchetta, anunciaram nesta terça-feira (24) o investimento de R$ 730 milhões da Alliz, marca do grupo, para a construção de um complexo industrial em Conchal, na região de Campinas. O evento também contou com a participação dos Secretários Henrique Meirelles (Fazenda e Planejamento) e Gustavo Junqueira (Agricultura e Abastecimento), além do presidente da Assembleia Legislativa, Cauê Macris.

“Esta é a nossa obrigação: gerar empregos e desenvolvimento, criar facilidades, agilizar processos, desburocratizar e agilizar também as exportações”, afirmou o Governador. “Aqui no Governo nós pensamos em 360 graus. Não é só a atração do investimento, mas viabilizar para que o investimento passa ter maturidade e resultado. O investidor feliz e recompensado continua a investir e a gerar emprego. O Governo é pró-mercado e totalmente vocacionado para apoiar a livre iniciativa”, acrescentou Doria.

O projeto representa o maior investimento privado do setor no âmbito do Polo de Alimentos e Bebidas em São Paulo neste ano. A nova planta empregará até 3 mil trabalhadores diretos e deve gerar outros 9 mil empregos indiretos. O início das contratações está previsto para outubro de 2019.

O novo empreendimento contará com um complexo de criação e processamento de aves; fábricas de ração, farinhas e óleos, produtos industrializados; frigorífico e tratamento de água, centralizando todas as etapas da cadeia alimentícia.

“A InvestSP iniciou as conversas com a Zanchetta Alimentos em fevereiro deste ano. Estamos muito felizes em saber que, pouco mais de seis meses depois, já podemos anunciar esse expressivo investimento no estado”, afirmou o Presidente da InvestSP.

O investimento impactará 50 municípios, criando oportunidades de emprego não apenas em Conchal, mas também nas proximidades dos municípios e distritos de Água Espraiada, Aguaí, Ajapi, Analândia, Araras, Artur Nogueira, Campo Alto, Carandina, Cordeirópolis, Corumbataí, Cosmópolis, Engenheiro Coelho, Estiva Gerbi, Holambra, Ibicatu, Itapira, Jaguariúna, Leme, Limeira, Martim Francisco, Membeca, Mogi Guaçu, Mogi Mirim, Paulínia, Pedreira, Pirassununga, Santa Cruz da Conceição e Santo Antônio de Posse.

“Esse é um projeto greenfield, ou seja, vamos começar do zero. Estamos trabalhando para que, em 24 meses, seja possível concluir as obras e iniciar as atividades, o que nos permitirá ampliar nossa presença no mercado doméstico e gerar excedentes para exportação”, afirmou Zanchetta. Segundo o executivo, o novo complexo já nasce pensando em uma futura expansão. “Nosso objetivo é operar com mais linhas de produção, o que pode fazer com que a capacidade total da indústria alcance 380 mil aves por dia em dois anos”, complementou.

Qualificação profissional e financiamento

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, por meio do Programa Minha Chance, oferecerá cursos de qualificação de mão de obra para produtores rurais, construção civil e operacional. A iniciativa atenderá as demandas do Grupo Zanchetta na região de Campinas.

Além disso, para os produtores rurais e empreendedores locais, haverá financiamento competitivo pelo Fundo de Expansão do Agronegócio Paulista – o Banco do Agronegócio Familiar (Feap/Banagro), que apoia o desenvolvimento dos produtores rurais, pescadores artesanais, suas cooperativas e associações em todo o Estado, bem como pelo Banco do Povo e Desenvolve SP, que também oferecerão linhas de crédito.

O Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e a Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA) irão dar apoio à empresa alimentícia na cooperação técnica, tecnológica em processos, materiais, plásticos e adequação para exportação.

O objetivo dos Polos de Desenvolvimento é fomentar e incentivar o aumento da produtividade da indústria para atrair investimentos, impulsionar a inovação, além da geração de empregos e renda, otimizando na mesma região geográfica políticas públicas que impactam direta ou indiretamente o setor produtivo.

Polo de Alimentos e Bebidas e Grupo Zanchetta

Engloba as regiões de Barretos, Bauru, Campinas, Central, Marília, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Sorocaba e RMSP (ABC, Alto Tietê, Norte, Oeste e Sudoeste).

A Alliz, do grupo Zanchetta, é uma empresa brasileira que atua no segmento de produtos alimentícios. O complexo frigorífico em Boituva, em uma área com 420 mil m², centraliza todas as etapas da cadeia alimentícia e gera aproximadamente 2.900 empregos diretos. A empresa se tornou referência nacional na tecnologia de processamento de aves.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Secretaria de Desenvolvimento Econômico – Governo de São Paulo
Fotos: Governo do Estado de São Paulo