Governo de SP apresenta projetos inovadores para estímulo ao agronegócio paulista durante a Agrishow 2019

O Governador João Doria participou nesta última segunda-feira (29), em Ribeirão Preto, da abertura da Agrishow 2019, Feira Internacional de Tecnologia Agrícola, ao lado do Presidente Jair Bolsonaro e dos Secretários de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Gustavo Junqueira, e de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido.

Durante a solenidade, Doria fez anúncios importantes em benefício do agronegócio paulista, com foco em inovação e na modernização do setor, alinhadas à proteção ambiental.

“Vamos levar o agro para fora do Brasil. Vamos buscar novos investidores e novos mercados, isso eu aprendi a fazer a vida inteira no setor privado”, disse o Governador. “A partir de agora não tem mais timidez, o mundo é global e 20% de toda a economia de São Paulo é fundamentada no agro”, ressaltou João Doria.

Entre os anúncios está o projeto Rotas Rurais, desenvolvido em parceria com a Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa do Agronegócio (Fundepag) e a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), com o objetivo de mapear, por meio da contratação de um software, as estradas rurais do Estado de São Paulo, via satélite, e disponibilizar, posteriormente, para a população da zona rural a localização de sua propriedade.

“A realização de um projeto como esse viabilizará o acesso a serviços públicos básicos e fundamentais, como saúde e segurança, além de facilitar a atuação de empresas privadas, cooperativas e associações de produtores. O projeto também visa otimizar a logística e a distribuição de produtos agropecuários e a melhoria da infraestrutura do campo como um todo. O cidadão do campo passa a ‘estar no mapa’”, explicou o Secretário de Agricultura, Gustavo Junqueira.

Foi anunciado, também, que o Estado de São Paulo reconhece o javali como uma espécie de peculiar interesse do Estado e adere às normativas e sistema da União Federal no que diz respeito ao controle, manejo e erradicação do javali (ou javaporco), desburocratizando e viabilizando de forma integrada com o Ibama o controle desses animais, sem infração da legislação aplicável. Com as mudanças, a partir do cadastramento do interessado no sistema do Ibama, este pode realizar o controle do animal, desde que respeitadas as normas procedimentais.

O javali é animal propagador de doenças como a peste suína clássica e a peste suína africana, podendo, inclusive, propagar doenças para os seres humanos, razão pela qual deve ser reconhecido como uma espécie de peculiar interesse do Estado. “A China enfrenta problema grave que pode reduzir 30% da produção de suínos, em razão da peste suína africana – ainda não identificada no Brasil. O Estado de São Paulo, principal portão de entrada e saída de produtos do país, não pode fechar os olhos para ameaças como esta e se adianta com medidas claras para evitar a propagação de doenças. Outro grave malefício causado pelo javali é a destruição das lavouras e das áreas de preservação ambientais”, avalia Junqueira.

O Governador também participou de cerimônia de entrega das chaves de seis tratores a produtores rurais, objeto de convênio celebrado entre o Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, e o Banco do Brasil.

Nessa edição da Agrishow, o Governo do Estado de São Paulo conta com estande central no circuito principal do público da feira, além de um espaço da Secretaria de Agricultura e Abastecimento totalmente repaginado, com projetos inovadores para modernizar o agronegócio paulista.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Secretária de Agricultura e Abastecimento