Renata Spallicci dá dicas de como aproveitar a crise para começar a empreender ou crescer seu negócio

A crise econômica e política no Brasil é uma das mais severas de todos os tempos, e as estatísticas são alarmantes: 13 milhões de desempregados segundo o IBGE e 60 milhões de pessoas inadimplentes em 2018, segundo o SERASA.

Neste cenário desfavorável, muitos pensam em empreender, começar um próprio negócio, já que o mercado está retraído e não tem contratado novos profissionais. Sabe-se no entanto que começar um novo negócio no Brasil também é uma via crucis, devido a alta carga tributária principalmente, e todos os desafios que o empreendedor de primeira viagem enfrenta, tanto que de cada 10 novos negócios, 6 fecham antes de completar 5 anos de abertura.

A Diretora Executiva do grupo farmacêutico Apsen, Renata Spallicci está há 15 anos envolvida diretamente com o mundo dos negócios, e enxerga oportunidades na crise: “é preciso entender que, como diz o jargão, enquanto muitos choram, as fábricas de lenço estão vendendo como nunca. O que é preciso é manter uma mente aberta, visionária, e enxergar aonde estão as oportunidades. A partir disso, quem deseja empreender deve ter a capacidade de se reinventar para atender a essa demanda, a esse mercado que ainda não havia sido atingido, e desenvolver produtos e soluções com esse formato”.

O grupo Apsen é uma das maiores empresas do ramo farmacêutico do Brasil. Em 2017, o grupo obteve um faturamento de 650 milhões de Reais, e com visão de expansão em todos os aspectos para 2018 e anos vindouros.

Para aqueles que não dispõe de recursos financeiros para montar estrutura e contratar funcionários logo de imediato, Renata aponta que o digital, a internet, é uma boa alternativa. Empreender online é hoje uma interessante possibilidade para quem está começando: “a minha experiência de empreender online tem sido muito boa. Enxerguei a oportunidade e comecei a também investir no virtual, no marketing digital, nos infoprodutos. É muito mais barato, mas demanda também muita dedicação”.

Renata aponta que muitos tem a ilusão de que empreender significa ter uma rotina que lhe permita trabalhar menos e ter mais tempo para procrastinar, trabalhando pouco, o que não é verdade: “aquela visão do empreendedor de pantufas em casa trabalhando não corresponde exatamente à realidade. Sem empenho e sem acompanhamento, o negócio tem poucas chances de dar certo. Trabalhar com mundo digital significa trabalhar bastante, e estudar muito. A flexibilidade de horários proporcionada pelo online não significa ter a rotina que quiserem, e sim que você terá autonomia pra tomar as decisões, mas também a responsabilidade por elas. É uma oportunidade no entanto na crise porque você começa com pouco investimento, e com o recurso que for entrando, como fruto do seu trabalho, pode reinvesti-lo conforme o tamanho das suas pernas, para alavancar o seu negócio”. Afirma.

Na Apsen, Renata está desde 2003 e pertence à terceira geração de uma empresa familiar, iniciando como trainee, desde a sua época de faculdade. Até chegar à diretoria, Renata passou por todas as áreas da empresa para desenvolver uma visão holística dos processos e do negócio em si. A executiva estabeleceu-se na área administrativa, mas é engenheira química de formação, com pós graduação em finanças e MBA para CEOs na Fundação Getúlio Vargas. Renata é diretora de assuntos corporativos e responsável pelas áreas de planejamento estratégico, GRI (governança, riscos e integridade) e marketing institucional.

Renata decidiu começar a empreender também no digital, com base no seu lado atleta e amante do fitness. Além de executiva é atleta profissional de fisiculturismo e uma das referências no Brasil em fitness e beleza. Há 3 anos, a executiva teve o ímpeto de profissionalizar a sua produção de conteúdo sobre fitness, qualidade de vida e motivacional. Assim, através do seu blog, que posteriormente foi compilado e se tornou um livro, intitulado “Do Sonho a Realização”. Renata afirma que dedicou tempo de estudo e mentorias para lançar seus produtos digitais, como o programa online de emagrecimento “finalmente magro”, feito com a colaboração de especialistas de áreas relacionadas, que tem alcançado alta satisfação dos clientes.

A atleta tem sido referência no empreendedorismo digital e também em engajamento social. Como coach e palestrante motivacional, ela tem promovido e participado de diversos eventos com o mote de empoderamento feminino, mudança de vida, motivacional e fitness. Renata é embaixadora do WBFF (World Beauty Fitness Fashion) no Brasil, e tem inspirado pessoas em todo o país a viver uma vida com propósito, vivendo mais e melhor: “o meu lema e a principal frase que deixo sempre aos que me acompanham é Busque seu propósito e deixe um Legado. Empreender não é apenas ganhar dinheiro e conquistar sua independência financeira. Pra mim, empreendedorismo também é tornar a vida das pessoas, sejam seus clientes ou pessoas inspiradas pelo seu trabalho, melhor e mais plena, tem um viés de empoderamento e justiça social”.

Além dos produtos, Renata tem disponibilizado em sua rede social, com mais de 300 mil seguidores, dicas e conteúdo relevante sobre vida saudável, motivacional e material de referência para aqueles que desejam mudar de vida em todos os aspectos, de dentro para fora.

Créditos – Foto / Fonte: MF Press Global

Deixe uma resposta